sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

O erro

E a inseguransa me levou ao erro,
Sem sentimento,
Trai em pensamento'
Meu coração chamou o nome errado,
Meus lábios encostaram
No erro,
E agora minha consciencia está me entregando'
fazendo minhas falas desorganizadas
lhe confundir,
E agora o meu maior temor
é que você leia meus pensamentos...
E se seu coração me entregar?
Eu queria lhe falar,
Mas eu temo nao me perdoar,
Esse erro está me torturando,
estou perdendo minha noite,
Com minha consciencia me condenando,
Não quero lhe perder,
Sei que não te faço por merecer,
Mas foi medo de não me amar,
Que resolvi errar,
Foi um ato cometido por impulso,
Sem pensar,Eu não queria errar,
Só quero uma chance de me perdoar,
Aquilo foi repugnante,
Me causa nauseas só de lembrar,
que cometi tal infantilidade,
Por não me garantir em ser dona do seu coração,
Meu ciumes fez eu cometer
o crime que eu temia você fazer,
Mas que nunca cometestes'
Eu lhe pesso que me entenda,
Apesar de nem eu entender,
Mas não foi por mal
Que eu quiz fazer...

Um comentário: