sábado, 18 de julho de 2009

Meus gritos em silêncio que ninguém poóde ouvir, meus pedidos de socorro que todos ignoram...

Nenhum comentário:

Postar um comentário