sábado, 18 de julho de 2009

Meu diário está cheio de lixo
Cada palavra parece um desperdicio.
Só vejo dor e solidão
Nesse mundo que o sangue alheio
cicatriza nossas feridas...
Eu vejo vazio no seu olhar
Uma pobre alma tentando se afogar...
Os pingos da chuva parecem queimar
Hoje as estrelas esqueceram-se de brilhar.
Há uma nuvem negra em cima de você..
Seus olhos parecem sangrar..
Você tem medo de amar.
Sua mão está fria
O sangue parece não correr..
Cada vez mais pareço me perder...

Nenhum comentário:

Postar um comentário