segunda-feira, 20 de julho de 2009

Cansada de Julgamentos

Os seres deste mundo não conseguem ver além das mascaras,
Muitos daqueles que nela sorriem,
Por dentro choram,
Muitos com mascarás belas,
Almas imundas.
Esses seres sem dignidade,
Julgam nosso espelho sem olhar o deles.
Se minha mascara é diferente da sua, seja melhor ou pior,
Você acha um jeito de feri-lá,
tocando em minha alma com punhais,
Porque temos que ser todos iguais?
Se fosse assim, só um ser de nós seria suficiente,
A nossa diferença é que completa o vazio da igualdade,
Nossos defeitos é que nos fazem perfeitos para alguns
e meras bostas para outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário